domingo, 3 de maio de 2015

#Entrevista: Camila M. Guerra, autora do livro A Última Chave

Minhas people,
trouxe mais novidades para vocês:
Uma superentrevista com a Camila M. Guerra, autora do livro A Última Chave, sim, aquele livro que eu pirei, ameeei, sou fã number one kkk (e falando nisso, noite passada sonhei que tinha ganhado o livro e vários marcadores dele!! Uhuuul, será um presságio???? Espero que sim!!). Sério gente, sonhei mesmo! kkkkk

Bem, vamos ao que interessa, com vocês, Camila, uma nova voz talentosíssima da nossa literatura brasuca!!!
1. Primeiramente Camila, gostaria de te agradecer por confiar no blog e te parabenizar pelo livro!Eu o amei, e já estou esperando o próximo (risos!). Quando você decidiu que queria começar a escrever e se tornar sim, uma escritora? Você teve algum bloqueio no começo da escrita, ou fluiu rapidamente?
Obrigada, Ana! Meu primeiro impulso para escrever aconteceu ainda criança. Não gostei do final de uma das historinhas da Turma da Mônica e resolvi que escreveria as minhas próprias para, um dia, escrever as do Maurício de Souza. A partir daquele dia, escrevi e desenhei muitos quadrinhos até a adolescência.
Nessa época, eu lia sem parar e a escrita foi consequência. Sempre fluiu muito bem. Escrever era minha cachaça quando queria extravasar sentimentos, vencer medos e organizar ideias.
Quando escrevemos somente para nós mesmos, é menos trabalhoso. Com a publicação, a escrita tem que ser mais cuidadosa e, hoje em dia, há momentos em que preciso dar um tempo para que as ideias se ajustem. Tenho bloqueios sim, mas não são corriqueiros.

2. Gostei muito da história de Sofia e Marcus, porque além de bem escrita, é também muito criativa e atiça a curiosidade para o assunto. Você conhecia esse meio "astral", o mundo dos sonhos e das viagens fora do corpo? Já presenciou ou viveu algo do tipo? 
Sim. Desde muito nova experimentava, sem querer, os sonhos lúcidos. Não sabia que era comum e nem que havia um vasto campo de estudo sobre o assunto. Na idade adulta, curiosa, resolvi estudá-los e descobri um mundo que jamais imaginava existir. O curioso é que eu havia começado a escrever um outro livro e, quando sonhei com a história de Sofia, parei o outro projeto e dediquei-me completamente à Última Chave. Um sonho, que virou livro e que fala sobre sonhos. Coincidência ou não, o livro está aí e aborda um tema que sempre me envolveu por conta das experiências intensas que eu mesma vivia.

3. Conte para a gente como foi o processo de escrita. Precisou pesquisar muito? Se divertiu bastante? Ou, teve algum medo de como seria a recepção por parte dos leitores? 
Foi tudo muito bacana e gostoso de fazer. Sonhei com a história e comecei a colocar no papel. No entanto, à medida que progredia na narrativa, meus personagens tomavam vida e acabaram decidindo, “sozinhos”, mudar o rumo da trama. O resultado final ficou um pouco diferente do sonho, mas acho até que ficou melhor. Adorei escrever A Última Chave e espero que os leitores sintam com a leitura do livro o mesmo prazer que tive em escrevê-lo.
Pesquisei várias coisas e, no processo, li também o ótimo livro do Michio Kaku que menciono no meu texto. Pesquisar é sempre importante para construir uma história coerente.
Não sabia como o livro seria recebido, pois ele aborda temas que não estão na moda. Mas sei que a gente escreve melhor quando tem convicção sobre o que escreve. Coloquei na Última Chave muito de mim e torci para que os leitores recebessem bem o livro. Felizmente, tenho tido um ótimo retorno.

4. Conte por favor, um pouco da história pelo seu ponto de vista: o que mais te fascina nessarealidade paralela? Você teria a coragem que a Sofia precisou ter? 
Olha, não sei se teria a coragem de Sofia. Acho que não. Já passei por situações muito menos estranhas e tive medo. Acho que sou do tipo curiosa-medrosa. Gosto de aprender coisas novas e isso já me rendeu muita experiência bacana e me trouxe ótimos amigos. Essa realidade paralela me surpreende e me fascina. Os sonhos dizem muito sobre nós, nossa vida, nossas dificuldades. Acho uma ferramenta importantíssima de autoconhecimento e sempre dou atenção a eles. É um mundo cheio de nós.

5. Como fã que já sou (risos =D )! NECESSITO te perguntar: Terá continuação de A ÚltimaChave???? (Espero muito que sim!!!). 
Obrigada! :)
Ainda não pensei no assunto, mas não descarto a possibilidade. Quem sabe?
No momento estou com outro livro praticamente pronto e um outro projeto engatilhado. Uma continuação para A Última Chave teria que ficar para depois desses.

6. Eu sei que é muitoooooo intíma essa pergunta, mas... Você já tem planos, ou contato comeditoras para a publicação impressa do livro? Se sim, e puder nos contar, é para quando???(Quero um exemplar autografado!!!! kkkk). 
Não tentei contato com editoras até o momento. Já até pensei em imprimir alguns exemplares por conta própria, mas esse projeto não tem data para acontecer. Estou trabalhando para disponibilizar o livro no CreateSpace, a plataforma de impressão por demanda da própria Amazon. Será um teste inicial, embora eu saiba que a alta do dólar prejudique bastante.
Caso o livro vá para o papel, será um grande prazer autografá-lo para você! 

7. Fale um pouco sobre sua vida, seus sonhos, o que quiser contar para os leitores!! 
Sempre quis ser escritora. Acho que, na verdade, tornou-se mais do que um sonho. É uma convicção.
Ver os leitores me lendo e gostando do que eu tenho para dizer, faz parte de uma estrada que, finalmente agora, tive oportunidade de trilhar. Pretendo continuar percorrendo essa estrada, sendo fiel às minhas convicções e trazendo para o leitor, mundos curiosos e com muito a oferecer. Na verdade, nós somos um mundo e o mundo está dentro de nós. Todos eles. Gosto muito do tema.

8. Você poderia dar umas dicas para os escritores iniciantes? Sobre temas, formas de escrita,publicação, divulgação, contato com os fãs, e etc.? 
Minha primeira dica é: comece escrevendo sobre o que você gosta e domina. Como eu disse anteriormente, tudo flui muito melhor quando temos convicção sobre o assunto sobre o qual escrevemos.
Isso vale também para a forma de escrita. Ela precisa sair bem, com fluidez. Se agarrar demais, talvez esteja na hora de rever alguma coisa. Por exemplo, muita gente prefere escrever em primeira pessoa. Já eu não me sinto confortável dessa forma. Prefiro narrar em terceira pessoa. Achar o seu estilo é o mais importante. Acho importante também ter bom conhecimento de gramática e ortografia, além de um mínimo de noção de estrutura de texto. Há vários blogs e livros que falam sobre o assunto e, para quem lê em inglês, as fontes são ainda mais diversas. É um bom investimento para quem quer se aventurar na área.
Eu não corri atrás de editora física. Foi uma escolha pessoal. Minha primeira opção de publicação foi mesmo a Amazon e estou achando a experiência muito legal. A autopublicação digital é uma alternativa barata e eficiente para quem está começando. Claro que há desvantagens e, uma delas, é que o autor deve fazer todo o seu marketing sozinho. Dá muito mais trabalho, mas é uma experiência muito rica.
As redes sociais, especialmente para quem tem tempo para investir nelas, são ótimas ferramentas de divulgação e contato com os fãs. E não posso deixar de falar dos blogs literários, que desempenham um papel de extrema importância na vida do autor e no sucesso dos livros.

9. Bom, Camila, perdoe-me a indelicadeza, fiz um montão de perguntas, mas eu realmente amei sua obra, e como fã, estou supeeeeercuriosa!!! Eu precisava desabafar e te perguntar (mais risos!!!).Deixe um recado para os leitores do blog e seus futuros fãs. Pode falar o que quiser, fique à vontade, sinta em casa! (Que agora também é sua, porque lerei todos os seus livros, rsrsrs). 
Para os leitores, quero deixar dois recados:
- Leia sem preconceito. Tudo bem ter um gênero/autor de preferência, mas é legal abrir a mente e ganhar conhecimento de outras histórias, de aventuras diferentes, provenientes de pessoas com experiências diversas.
- Leia autores nacionais. Quanto mais a literatura brasileira ganhar importância, mais livros bons teremos.
Para os autores iniciantes, meu recado é: ache seu estilo. Não tente copiar ninguém. Cada ser humano é único e isso precisa estar refletido no texto. Escreva por amor e aí, tudo valerá a pena.
Obrigada, Ana, pela oportunidade, pelo espaço e pelo carinho. Sucesso para você e boas viagens! ;)


Geeeente, a Camila é uma fofa né?? Superlegal, inteligente e simpática!!!
Ameeei essa entrevista!! Olha o tanto de perguntas que fiz! Curiosaaaaa, que nem disfarça kkkkkkk
Obrigada Camila, por conceder a entrevista! Muito sucesso e ótimas aventuras para vocês, só não se esqueça de compartilhar com a gente!!

Beijos, 
Ana M.

#Por que não aparece um desse na minha vida? #1

Estava eu agora vagueando pela net, dando meu adeus-boa noite, vou dormir, e....
Olha com que me deparo num grupo do face:



É muito amooooor, né não???
Aiii Deus, por que não aparece um desse na minha vida???



=(

Bem vindo Maio! #Como anda... #Desencalhando livros!

Oiiie gente, beleza???

Maaaaioooo chegou tãoooo rápido, aiii nem me fale, meu niver tá chegando!! 
Vou entrar na casa dos 20... Mas sabe, to feliz, aproveitei muito minha life, e graças a Deus, to cada dia mais abençoada, então, bora envelhecer minha gente! \o/

Mas entãooooooo....
tenha uma notícia maio o menos procês:

Eu não curto muito desafios né, sou muito divergente e não sei me controlar kkkk então, eeu leio conforme me dá vontade (uhuuul, mando em mim kkkkkkk).

Sem brinks, sou péssima para cumprir desafios literários e maratonas de séries e filmes. Leio muito, porém, conforme dá o tempo e a coragem + a vontade por tal livro.

RESUMINDO A BAGAÇA AQUI:

Só li dois dos 5 livros do desafio lançado por mim mesma kk #Desencalhando Tudo!!!

Foram eles: (tanananãaaaaan!)
Harry Potter and the Prisoner of Azkaban, J. K. Rowling, 5 estrelas, lido em 18/04/15
O Poder da Mulher que Ora, Stormie Omartian, 5 estrelas, lido em 29/04/15 (óiiaa, esse foi na raspa do tacho!).


Desculpem leitores, mas foi só esses mesmo!
Eu li 9 livros em abril, contando com os acima, portanto, SIM, EU TRAPACEI E LI OUTROS QUE ESTAVAM FORA DO DESAFIO!!!
Me processem kkkkkkkkk


PORTANTO, prorrogay o prazo para desencalhar, QUERO MUITOOOO DESENCALHAR ESSES LIVROTES, POXA!!!

Agora, se Deus me ajudar kkkk lerei todos esses mês.
Relembrando: Minhas duas estrelas, Different seasons e Twilight.

Torçam por mim, cês mandaram muito poucas energias positivas, quero mais!! kkkkkk

Volto a qualquer hora contar como anda o desafio, e espero em Deus, que até dia 31/05/15, já tenha concluído tudo!


Beijos irados,
Anaaaaa M.