segunda-feira, 29 de agosto de 2016

#Resenha: Maria, Francine Rivers (Série Uma Linhagem de Graça #5)

Oii gente, tudo bem??

Desculpe meu sumiço, mas como sempre, fiquei muito preguiçosa e não postei nada esse mês kkkk
Porém, li bastante e vou trazendo as resenhas e 9dades aos poucos, bele?

Hoje tem resenha de um livro lindíssimo que mexeu comigo profundamente!
Confira!

 Finalmente li o livro Maria de uma das minhas autoras preferidas da vida, Francine Rivers 

Maria é um livro baseado na bíblia, mais precisamente na história de Jesus, de sua concepção, de quando Maria recebeu o anjo e aceitou gerar o Filho de Deus, e tudo mais.


É um livro lindíssimo. Confesso que estava receosa de lê-lo, ainda mais porque apesar de ser baseado na bíblia, ele tem umas partes baseadas em estudos da autora, nem todos os detalhes que contém na obra estão presentes na bíblia, como quando a família de Maria se reunia na casa de familiares mais velhos e tal, porém, a estudou sabiamente toda a cultura daquela época, vários antepassado da linhagem de Jesus e chegou a esse livro incrível.

Me surpreendi e fiquei chocada, ao constatar o quanto Maria, José e Jesus sofreram, nem por ser Deus absoluto, Jesus teve uma vida fácil. Ao contrário, passou fome, sede, humilhações, desprezos e teve de abrir de muita coisa por nós. 

Como o livro é retratado na pessoa da mãe e filha de Deus que Maria é, vimos tudo por seus olhos. Seu amor imenso por Jesus, e também pelos demais filhos. As provações e medos que sofreu quando Jesus nasceu. O amor de José, sua força e esperança que a segurou por diversas vezes. E muitos percalços que mesmo sendo uma mulher de fé e acreditando completamente em Deus, Maria, também se abalou, quase desistiu, porém, confiou plenamente no Pai e teve sua recompensa de amor, salvação e vida.

Ver Jesus através desse livro, e conhecer a cultura em que Ele foi criado também foi lindo e poderoso demais. Eu sabia que Ele tinha sido rejeitado, mas não sabia que tinha sido tanto, até mesmo por seus irmãos mais novos e demais familiares.

É um livro lindo. Encantador. Gostoso de ler e muito bem escrito. Vale muito a pena conhecer mais essa cultura, que apesar de ter acontecido tudo há mais de 2000 mil anos, o amor de mãe e filho, ainda é o mesmo. As preocupações, concessões e amor constantes mudaram a vida de Maria, de Jesus e consequentemente a nossa, filhos do Deus Altíssimo.

Mesmo que você não seja cristão, leia. Pois é um livro que não prega doutrinas nem regras, mas sim o amor verdadeiro, a paz, a verdade e o respeito, e trata de assuntos universais, como a injustiça, pobreza, etc.

Amei demais essa leitura!!!

A Francine Rivers é minha autora preferida e não é à toa, ela faz um estudo minucioso para seus livros, são todos muito bem retratados, com sentimentos e atitudes bem humanas, além de abranger muitas culturas e funções que exercemos, e claro, com cunho cristão, porém, não se deixei desanimar, os livros dela não contém preconceitos nem críticas à outras religiões. Fala muito profundamente sobre o amor de Deus, seus milagres desígnios, etc. Leeeeeiam, não percam essa oportunidade. Os livros da Rivers muda nossa maneira de amar, de ver o mundo!! Amoooo demais!! <3

Leia também as resenhas dos livros de Francine Rivers:


Essa é a sexta resenha do mês de Agosto para o Desafio Alfabeto Literário (Clique aqui para saber mais).

As iniciais correspondentes são F e N.

             Um Porto Seguro, Nicholas Sparks
             O Resgate, Nicholas Sparks
             Uma Longa Jornada, Nicholas Sparks
             Submissa, Fabiana Bertotti

domingo, 28 de agosto de 2016

#Resenha: Uma Longa Jornada, Nicholas Sparks

Mais uma resenha de domingo, com mais um livro do Tio Nick =)
Confira!


Uma Longa Jornada foi o livro que menos gostei do Nicholas Sparks, sinceramente achei bem chato e decepcionante. Mas têm um final feliz, não se preocupem, rsrs

Sophia é uma jovem que acaba de sair de um relacionamento conturbado e doloroso, por insistência das amigas, vai pra um rodeio e conhece o cowboy Luke, um cara lindo e que ainda por cima, a "salva" da perseguição do seu ex, que a encurrala após o rodeio, ainda na festa.

Luke mora numa fazendo ali perto com a mãe, e mesmo depois de sofrer um grava acidente num rodeio, em que foi pisoteado e quase morto por um touro, volta a arena, a fim de ganhar um bom dinheiro para ajudar as finanças da fazenda da mãe.

Depois de salvar Sophia, Luke e ela conversam bastante, se divertem e começa assim uma amizade, rapidamente transformando-se em namoro.

Em contrapartida, temos Ira, um idoso de mais de 90 anos preso numa tempestade de neve. Ele bateu o carro, está com muita dor e nos "conta" através de flashbacks como conheceu sua esposa Ruth, já falecida, e como foi a vida do casal.

Cada capítulo é narrado pelo ótica de um personagem, o que se passa com eles e tal, só que em terceira pessoa.

As cenas de Luke e Sophie à princípio acontecem antes do acidente de Ira. Até que encontram o carro dele num de seus passeios e chamam o resgate, conhecendo o velho de perto muito brevemente.
Ira, por sua vez, relata com certeza seus momentos de mais sucesso e felicidades. Apaixonada por obras de arte, Ruth o levou para todo o canto do mundo para visitar galerias de arte e acabaram com um acervo maravilhoso dessas obras, e milionário.

Ira e Ruth não puderam realizar o sonho de ter filhos, deixando um hiato com o que aconteceria depois da morte dos dois? O que seria feito com seus bens, e sua fortuna em forma de quadros de arte de vários artistas? Como manter esse amor forte e que passou por algumas batalhas mesmo depois de mortos?

Ira deixa uma carta, um testamento e uma história de amor em aberto esperando-a por quem realmente a mereça.

O namoro de Luke e Sophia é rápido e fofo, só que não curti os personagens, nenhum na verdade, me cativou. Senti um pouco de empatia pelo Ira, rs apenas!

Esse casal de namorados vão juntos fazer algumas descobertas sobre Ira, e de quebra ganhar algo que nunca sonharam, mas acima de tudo, descobriram que o amor e a sensibilidade estão nas pequenas coisas.

O final foi feliz, porém, achei mal desenvolvido, o casal não era romântico, não teve grandes feitos no relacionamento deles nem nada, a Sophia é bem chata e sem graçona. O Luke da pro gasto, meio turrão, mas vamos lá. kkkk

Meus capítulos favoritos foram os do Ira, se bem que chega uma parte que fica bem monótona, agora o final e o que ele armou, o que ele fez, pra "perdurar" seu amor e da Ruth foi bem bacana, coisa de livro/filme mesmo kkkkkk

Desculpem-me quem amou o livro, eu realmente não consegui gostar, nem me conectar com a história. Ainda quero ver o filme, quem sabe não gosto mais, rs

Foi decepcionante, confesso!

Agora to lendo O Guardião também do tio Nick e to achando paradão, embora só tenha lido um terço, vamos ver se gosto mais kkkkk

Eu li o livro da capa original, aquela lá de cima. Pra quem gosta de capas de filme ou achar mais bonita, tem a do filme também que vou colocar aqui em baixo. Achei lindas as duas.


* Leia também as resenhas dos livros de Nicholas Sparks:
- O Guardião


Essa é a quinta resenha do mês de Agosto para o Desafio Alfabeto Literário (Clique aqui para saber mais).
As iniciais correspondentes são F e N.


E aí, quem já leu? E quem quer ler?
Não deixem de comentar!!! =D

Beijos,
Ana M.

#Resenha: O Resgate, Nicholas Sparks

EEEh, mais uma resenha nesse domingão!
Espero que curtam!


O Resgate de Nicholas Sparks é um livro que me decepcionou bastante!
Até a metade eu amei, depois da metade eu detestei! Nossa, a qualidade caiu, apesar de que os acontecimentos foram bem reais, eu achei meio banal sabe, faltou aquela pegada emocionante e vivaz do autor que a gente tanto ama, rsrs

O construtor e bombeiro voluntário Taylor McAden, tem mais de 30 anos, mora sozinha e nem pensa em casamento, embora tenha tido relacionamentos sérios e com grandes chances de dar certo.

Acontece que ele sofreu um trauma no passado. Quando era pequeno, por um pequeno erro seu, uma tragédia aconteceu e mudou para sempre o rumo de sua vida e de sua mãe, e mesmo sabendo que ele não fez por querer, que de certa forma, ele "não" tem culpa, Taylor não consegue aceitar "ser feliz", não consegue viver plenamente, buscar todos os seus sonhos e deixar-se realizar, porque acredita que por aquele erro do passado, ele definitivamente não merece ser feliz.

Por isso não aceita a possibilidade de se casar e construir sua família.

Denise é mãe solteira, de um menino lindo de 5 anos, Kyle, que tem graves problemas com a fala. Nunca disse que a ama, nunca demonstrou carinho com palavras e nem mesmo com atitudes. 

Denise era professora, mas teve que deixar sua carreira e viver inteiramente para Kyle. O pai do menino a abandonou, seus pais morreram, eles só têm um ao outro. E Denise, mesmo passando por dificuldades financeiras, fazendo apenas bicos de garçonete, não aceita voltar a lecionar e deixar Kyle numa creche ou com babá. Ela quer ela mesma ensina-lo a falar como uma criança de sua idade (ele só balbucia poucas palavras) e ser uma mãe centrada e forte, sempre ao lado de sua cria.

Numa noite de um temporal violento, Denise bate o carro e quando é acordada por Taylor, descobre que Kyle sumiu de dentro do carro, sumiu das vistas de todos.

Então, assim começam as buscas pelo menino, angustiadamente. Até que é encontrado por Taylor, que se torna amigo da mãe e do menino, que inesperadamente fala melhor perto de Taylor.

Uma história com início emocionante! Denise sofre muito, pois mesmo tendo feito tantos exames não descobre qual a razão do problema do filho e não tem certeza bem do que fazer. Ela treina ele todos os dias e trabalha a noite num restaurante local, deixando ele no quarto dos fundos.

Seu relacionamento com o Taylor, começa assim que ele encontra o menino, e fica amigo dos dois, ela inclusive fica amiga da mãe dele que foi uma antiga amiga da mãe de Denise. Logo percebemos que há um clima entre Denise e Taylor no ar, e não demora muito começam a namorar sério.

Taylor se da muito bem com Kyle, que vai melhorando a fala, e segue assim um namoro rápido, até que ao conhecer os amigos de Taylor e se aprofundarem nos sentimentos, Taylor se afasta e Denise compreende que ele não está pronto pra algo com propósito - logo, ela não está pra brincadeiras, para enrolações, afinal, já sofreu muito abandonada pelo pai de Kyle.

Aí conhecemos bem o que transformou Taylor, que sim, é algo muito triste, chocante que abala, porém, não achei condizente, acho que não foi algo suficiente pra ter deixado-o naquele estado lendo, sem motivação, sem vontade pra nada, depois de tantos anos.

Daí acontece mais uma tragédia, com alguns personagens secundários que me deixaram tristíssima, pra mim, não precisava mesmo daquilo. E, complica mais as coisas pra Taylor, ele fica ainda mais catônico, só que de repente, muda de ideia, e é isso...

O final é feliz, se é que vocês me entendem kkkk não vou dar spoilers, mas assim, foi bem mal desenvolvido. Faltou emoção, faltou vivência no relacionamento de Denise e Taylor, faltou MUITA explicação sobre a dificuldade na fala de Kyle, enfim, faltou muita coisa mesmo!

A ideia do livro foi muito boa, entretanto, a meu ver, tio Nick estragou geral, deixou muito boba, muito sem graça.

Desculpe-me mesmo quem amou a história. Mas pra mim não rolou, não foi pra mim o melhor livro dele, na verdade, faltou muito aquela pegada forte, cheia de emoção do Sparks.
Bom, é isso, teve um início muito legal, but...

* Leia também as resenhas dos livros de Nicholas Sparks:
- Uma Longa Jornada
- O Guardião


Essa é a quarta resenha do mês de Agosto para o Desafio Alfabeto Literário (Clique aqui para saber mais).
As iniciais correspondentes são F e N.


E aí, quem já leu? E quem quer ler?
Não deixem de comentar!!! =D

Beijos,
Ana M.

#Resenha: Um Porto Seguro, Nicholas Sparks

Ei galera, como tá o domingão??
Confira mais uma resenha!!!


Pra quem não sabe eu sou fã de Nicholas Sparks, mas... sou uma fã diferente, digamos assim, rs
Eu sou apaixonada, louca, alucinada, pela escrita e delicadeza de tio Nick!!

Eu AMOOOOO DEMAIS o jeito que ele escreve. Ele põe tanto amor nas palavras. Tanta doçura e sabedoria que não tem como não amar. Eu queria ter metade do talento dele, rsrsrs

Ele escreve muito, muito bem! A escrita me encanta.
Porém...
Confesso pra vocês que nem sempre gosto dos finais que ele da para seus livros.
Ou são finais infelizes. Ou rápidos, sem muitas explicações.
Daí fico encucada.

Eu tenho todos os livros dele, embora os que eu não curti já doei e troquei kkkkkkkkk to aqui em casa só com os que me satisfizeram totalmente e com os que ainda não li. Pois é. Sou muito chata kkkkkkkkkk

Um Porto Seguro foi um livro lindo, delicado, difícil de engolir e ao mesmo tempo, com um final rápido, deixando algumas explicações e pontas no ar. Não deixa de ser ótimo, de ser hiper reflexivo e envolvente. Mas pra mim, não foi o melhor do tio Nick, apesar de ele ter sido extremamente corajoso e perspicaz ao escrever sobre um tema tão horrível, triste e difícil de lidar, explicar, de viver: a violência doméstica.

Katie, recém chegada a pequena cidade de Southport, esconde um passado violento, triste, e assustador. Com muita fome, poucas roupas e quase nenhum dinheiro, após fugir de seu marido, o nojento, inescrupuloso Kevin, Katie se vê sem muitas saídas, com muito medo, e com a sensação de que mais cedo ou mais tarde Kevin virá busca-la, e acabar com ela.

Logo que chega, passa trabalhar num restaurante local como garçonete e aos poucos fará amizade com o doce Alex, dono de uma mercearia, viúvo e pais de dois filhos lindos e fofos, que se encantarão por Katie, e também ficará bem íntima de sua amiga, Jo, vizinha da pequena cabana que Katie acabou de alugar.

Obviamente Katie é bem relutante em manter um contato mais íntimo com seus novos amigos. Sorte sua, que tanto Jo quanto Alex são bem queridos e compreendem que Katie não vem de uma vida muito fácil, que esconde um passado e que o melhor é respeita-la.

Só que Katie se sente bem. Viva, até feliz. Sonha em voltar a viver, mesmo com o medo constante que sente, tendo pensado em voltar a fugir de cidade a cidade para se esconder do ex-marido, que é investigador, pra "acabar" com sua paz geral.

O livro é bem rápido, apesar de ter mais de 400 páginas. A escrita é muito bonita. Suave e mesmo nas cenas de flashback de Katie em que ela é tortura e humilhada, agredida de muitas formas pelo ex, ainda assim, conseguimos ler naturalmente, embora dê uma raiva, uma vontade de mudar essa situação tão atual para muitas mulheres, tão devastadora!

Kevin é doentio. Perverso e louco, mas não deixe-se confundir pelos seus momentos de insanidade. Ele sabe o que faz, sabe como esconder, como camuflar sua personalidade podre, e trabalhando com a polícia surge mais um impedimento para a Katie se livrar dessa.

Gostei muito do livro. Achei o Alex e seus filhos uns fofos, muito amorosos e compreensivos e o relacionamento dele com a Katie começa com uma amizade, uma cumplicidade divertida e aos poucos torna-se um amor mais forte. Gostei muito também do relacionamento dos dois com as crianças, dela como namorada do pai deles, tratando-os como filhos, e dele, como pai viúvo, soube dosar bem ser um educador, protetor e amigo das crianças sem ser relaxado.

A Jo foi uma amiga fiel e engraçada, conselheira e paciente, suas cenas foram bem legais e misteriosas, aliás, a Jo é uma personagem que me surpreendeu totalmente no final, até gostei do que o tio Nick fez com ela, porém, ficou sem algumas explicações.

O final foi de tirar o fôlego! Completamente!
Katie passará por um estado crítico de medo e desolação. Eu estava morrendo de sono, mas não conseguia parar de ler! Tive que terminar, saber o que aconteceria, e foi um final muito bom, deu pra entender a mente das pessoas "encapetadas" que cometem tantas atrocidades com seus cônjuges, principalmente com as mulheres.

No entanto, o que não curti nada, foi a correria do final, do findar dos problemas de Katie, da rapidez com que tudo aconteceu e não teve um "pós fatos", eu queria ver algumas "recuperações", "novos caminhos" que prometiam surgir.
Um livro intenso e que deve ser lido por todos. E ah, não tenham medo do final rsrs
Não posso contar muito pra não dar spoilers, mas te digo, valeu a pena ler, apesar da pressa kkkkk

* Leia também as resenhas dos livros de Nicholas Sparks:
- O Resgate
- Uma Longa Jornada
- O Guardião


O livro Um Porto Seguro foi publicado no Brasil originalmente em 2012, pela Editora Novo Conceito com aquela capa que está lá em cima (a que li) e depois do lançamento do filme, foi relançado o livro com a capa do poster do filme que vou deixar aqui embaixo e também deixarei a nova capa que o livro terá, pois será lançado agora nesse mês pela Editora Arqueiro.




Essa é a primeira resenha do mês de Agosto para o Desafio Alfabeto Literário (Clique aqui para saber mais).
As iniciais correspondentes são F e N.


E aí, quem já leu esse livro encantador?? E quem quer ler?
Não deixem de comentar!!! =D

Beijos,
Ana M.

#Resenha: Submissa?, Fabiana Bertotti

E aí, gente, belezinha? Continuo sumida, por, vocês sabem, preguiça de postar kkkkkk Mas hoje postarei 4 resenhas para compensar! Espero de verdade, que curtam muito e me perdoem! rsrs
Submissa - Todos Têm Um Dono é o primeiro livro da jornalista, booktuber, escritora cristã (e tantas coisas mais, rs), Fabiana Bertotti.
Eu conheci a Fabiana assistindo um vídeo em que ela fez em parceria com a também booktuber cristã, Fabíola Melo, e desde então, tenho acompanhado os vídeos das duas.
Tanto a Fabíola Melo (que também lançará livro pela editora Planeta ainda este ano), como a Fabiana Bertotti (que tem 3 livros publicados, sendo um da Planeta e os outros dois por publicação independente), são autoras e mulheres que admiro muito!
Pois fazem vídeos, falando sobre todo TIPO de assunto, voltado para o público cristão. Por exemplo, como deve ser o namoro cristão? Pode fazer isso? Pode fazer aquilo? Elas discutem e refletem sobre o que a bíblia nos ensina, de uma maneira verdadeira, realística, sincera e o melhor: sem julgamentos.
Quem acompanha o blog já deve ter percebido que sou cristã, afinal, sempre tem resenhas de livros gospeis aqui, e digo sinceramente pra vocês, que meu objetivo com o blog e essas resenhas nunca foi "converter" ninguém, mas sim, falar dos meus livros preferidos, das coisas que amo e faço, e até algumas reclamações básicas, rsrs
Então, todas essas resenhas que posto, são por gostar dos livros, não tem nada a ver com religião, com "querer" impor nada pra ninguém, até porque lê quem quer não é mesmo? Voltando pra resenha, como gosto muito da Fabiana comprei o livro dela e amei demais, achei digno de uma resenha, rsrs
Submissa, na verdade, não é sobre ser submissa aos homens, mas sim a Deus. Ao que Ele esperar de nós. Ao que Ele sonha para nós. Quando nos entregamos a Ele, Ele passa a ser nosso dono, nosso Pai Eterno. Sempre, independentemente de como erramos.
E como mulheres, como devemos agir? Nos maquiar? Que roupas usar? Como lidar com problemas financeiros, matrimoniais, maternais???
Como ser uma jovem que quer seguir os preceitos bíblicos sendo que o "mundo" está tão diferente, cheio de diversificações, e infelizmente, muita maldade, enganação, mentiras e deturpações.
Neste livro, de uma forma leve, descontraída e muito sincera, Fabiana através de relatos de sua vida e de familiares, amigos, conta como é ser uma mulher cristã sábia e sadia, verdadeiramente feliz e amável, sem mentir, sem se inferiorizar, sem ir contras os preceitos do Pai, sem se agredir.
Esta obra foi, sem dúvidas, uma grata surpresa pra mim. Pois não tinha visto tantos vídeos dela quando comprei o livro, e não me arrependi. É um livro magnífico, que conta abertamente de muitos problemas que nós, mulheres, passamos, sem criticar ou usar de alguma maledicência.
Achei um livro interessantíssimo, li no começo do ano, e deixei pra fazer a resenha dele agora, pra poder participar do Desafio Alfabeto Literário, rs
Já quero reler!!!
Em suma, é um livro preciso. Confortante como um conselho de uma amiga, e que vale muito. Nos ensina e tranquiliza muito. Da um up geral, uma vontade imensa de fazer o melhor para Deus e consequentemente, para nós mesmo <3
E claro, mesmo se você for homem, pode ler, sem problemas, talvez você não entenda alguns pontos mais voltados pro universo masculino, como maquiagem e vestuário, por exemplo. Mas pode aproveitar para analisar suas atitude, pensamentos, etc.
Enfim pessoal, leeeeeiam! Leiam sem medo de ser feliz! rs
Um livro enriquecedor, que fiquei extremamente grata de lê-lo!


Essa é a segunda resenha do mês de Agosto para o Desafio Alfabeto Literário (Clique aqui para saber mais).
As iniciais correspondentes são F e N.


E aí, quem já leu esse livro maravilhoso?? E quem quer ler?
Não deixem de comentar!!! =D

Beijos,
Ana M.

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

#Primeiras Impressões: Instituição Para Jovens Prodígios, L. L. Alves

E aí, gente beleza??

Hoje venho falar sobre as primeiras impressões de um livro foférrimo que estou louca para lê-lo!



Instituição Para Jovens Prodígios é uma série de quatro livros lançados inicialmente em e-books pela Amazon, da escritora brasileira L. L. Alves - que eu amooooooo demais seus livros.

Pois bem, li o prólogo + os quatro primeiros capítulos que a autora enviou para o post de primeiras impressões. Bora lá!

Logo no início somos apresentados à Lara e sua família. Seus irmãos, Mário e Luana, que são muito engraçados e fofos, parecem ser uns pirralhos bagunceiros e gente boa! rs
E seus pais, Renata e Joaquim, que se esforçam o máximo para dar o melhor para seus filhos - tanto na educação, quanto nas necessidades domésticas.

Lara adora estudar, ler, e aprender sempre mais. Quase não tem amigos, tirando a estranha da Jéssica (pra mim, essa menina é uma falsa, não gostei dela kkk) e o lindo do Lucas, que é apaixonado por ela, e deixa claro que quer um relacionamento série (suspirei nas cenas dos dois juntos^^).

Lara está muito preocupada, pois está terminando o Ensino Médio e ainda não tem certeza do que cursar na faculdade, além de querer muito poder trabalhar e ajudar a família. Quando surpreendentemente ela vê no jornal regional uma notícia espetacular: A Instituição Para Jovens Prodígios da Inglaterra estará realizando um teste ao redor do mundo para selecionar os melhores alunas, a fim de lhes dar a oportunidade tão sonhada de estudar na Inglaterra, num castelo lindo que lembra Hogwarts rsrsrs, em Sheffield.

Mesmo um tanto relutante, Lara se inscreve e começa a estudar, desesperada e esperançosa com essa grande oportunidade que a vida está lhe dando!
Imagine só estudar numa Instituição tão aclamada, desejada, dos sonhos?

Eu amei esses primeiros capítulos! Sério. Me vi na pele da Lara, recordando de como eu estudei durante anos que nem louca pra passar no vestibular (no fim, passei, mas detestei a faculdade kkkkkkk). 

Foi tão intenso os sentimentos e atitudes da Lara, logo nesses poucos capítulos que senti até aquela dorzinha incômoda no estômago, característica do nervosismo e ansiedade que a Lara estava sentindo e passou pra mim, é claro, que já estou conectada com ela <3

Ameeei, como sempre, me apaixono facilmente pelos livros da Lu, ela tem esse dom de me transportar para a história, além, é claro, de escrever divinamente bem e com amor transbordante!

Leeeeiam! E pelo que percebi, terá muito mistério pela frente! rsrsrs

O livro #1 será lançado em físico pela Editora Essência Literária e já entrou em pré-venda no dia 20 de julho e para você realizar sua compra é só entrar no link abaixo:

Confira a sinopse:
Do subúrbio carioca para uma instituição de jovens superdotados na Inglaterra, Lara Müller, uma adolescente com todas as frustrações e inseguranças típicas da idade, aprenderá que, para realizar seu sonho, são necessários sacrifícios. Deixando tudo de mais precioso para trás, nossa protagonista irá encarar uma nova realidade, muitas vezes assustadora...Quando Lara se deixa levar pela curiosidade e é atraída pelos novos ares de Sheffield, coisas ligeiramente estranhas começam a acontecer... Por que sente como se os alunos a conhecessem? Por que faz inimigos em tão pouco tempo? E, principalmente, quais os reais interesses dos mantenedores da poderosa Instituição para Jovens Prodígios? Com uma nova melhor amiga ao seu lado e um amor inesperado, Lara começa a acreditar que está ficando maluca...É normal um pombo se comunicar com uma garota?


Beijos,
Ana M.

segunda-feira, 1 de agosto de 2016

#Resenha: Uma Vida Sem Limites, Nick Vujicic

Olá pessoal, tudo bem?

A primeiro resenha de julho é também a primeira participando do Desafio Alfabeto literário deste mês, de um livro muitíssimo especial para mim! E tenho certeza que vocês amarão esta leitura!
Vem ler!!!


Nick Vujicic é um missionário australiano muito conhecido atualmente, com vários vídeos no youtube e mais de cinco livros lançados no Brasil, tem conquistado muitos admiradores pelo trabalho incrível que vem fazendo ao redor do mundo.

Discursando sobre o amor de Deus e dando seu testemunho, Nick cativa e emociona quem quer que seja, com uma história marcante e sofrida. Nick ultrapassou todos os seus limites - os que lhe foram impostos, e provou não só à si mesmo, mas para o mundo, que com o fôlego de vida que Deus nos deu, somos capazes de tudo, e ainda mais, de ter uma vida absurdamente boa.

Nick nasceu sem braços e sem pernas, têm apenas dois pézinhos minúsculos, que no entanto, o ajudam muito. Com a testa, a cabeça, o tronco e os pézinhos, Nick é capaz de controlar sua cadeira de rodas adaptada, usar celulares, entre muitas outras coisas. É um homem de fibra e muita fé, que derrubou barreiras imensas com muito bom humor e ousadia.

Na infância passou pelo bullying, sendo chamado frequentemente de et, monstro, etc. Não se aceitava, não se amava, com baixa auto-estima e desolação, aos 10 anos tentou suicídio quando tomava banho na banheira, mas acabou por desistir de findar sua vida, ao lembrar-se do amor e cuidados de seus pais e dos dois irmãos mais novos.

Ao chegar a adolescência, Nick teve sua primeira e profunda experiência com Deus, embora seja filho de cristãos, ele questionava a Deus o porque de não ter braços e pernas, insistindo muito para que o Senhor realizasse nele o milagre de "obter" os membros que lhe faltavam. Já enfraquecido na fé, e sem esperanças.

Quando então, Deus falou com ele através do livro bíblico de João 9:1-3, que ele não devia limitar-se apenas a receber um milagre, mas sim, A SER UM MILAGRE, transformando sua vida através do amor e na confiança em Deus.

A partir daí, com um bom humor contagiante, Nick fez muitos amigos, cursou uma faculdade, superou seus medos e inabilidades, até que começou a palestrar em escolas, nas rodinhas de amigos, contando seu testemunho, falando sobre como o amor divino o completava e lhe guiava, até que se tornou o grande missionário que é hoje.

Eu fiquei empolgada, encantada e emocionadíssima ao ler este livro. Ok, confesso que teve partes meio paradonas, mas mesmo assim foi uma leitura incrível! Como um homem categorizado como incapaz, pode ir tão longe! Ser tão feliz e pleno!

Nick Vujicic surfa, pratica vários esportes radicais, já foi protagonista de um pequeno filme, ministra palestras ao redor do mundo, convidando-nos a amarmos do jeito que somos e usarmos cada vez mais os dons e talentos que Deus nos deu, independentemente de nossas dificuldades e frustrações pessoais.

Um dos melhores livros que já li! Abriu meus olhos para MUITA coisa! Como somos pequenos perto do Senhor, NÃO SOMOS NADA SEM ELE, mas Ele é tão Incrível, tão Perfeito, que nos deu TANTA capacidade. Tanta força. Basta acreditarmos NELE.
Sim, perseverança ajuda muito. Não dar ouvidos pra tudo de negativo que as pessoas falam, também ajuda a realizarmos nossos objetivos, mas SEM DEUS, simples e absolutamente NÃO DÁ.

Portanto, LEIAM!!!!

Abram-se para as dicas que Nick dá. A cada página ele não só discorre sobre sua vida, como também, sobre como podemos nos encaixar nos meios sociais, como fazer amizades duradoras e edificantes, ter paciência e aproveitar cada limão que a vida nos dá, e muitas outras sugestões de crescimento e confiança.

Nick Vujicic mora nos Estados Unidos, é casado e tem dois filhos.
É um exemplo a ser seguido de fé, esperança, amor ao próximo e muita vontade de viver ao máximo possível!

Essa é a primeira resenha do mês de Agosto para o Desafio Alfabeto Literário (Clique aqui para saber mais).
As iniciais correspondentes são F e N.


E aí, quem já leu esse livro encantador?? E quem quer ler?
Não deixem de comentar!!! =D

Beijos,
Ana M.